Dias coloridos!: Por Portugal, para reflectir...
Dias coloridos!: Por Portugal, para reflectir...
Cor e mais cor
 


online


Kinja, the weblog guide


aog69444
À beira mar plantada
A miúda da 4L
Boneca de Papel
Da minha vida sei eu
Duas novas vidinhas
Equívocos
Ilha das maçãs
Lia
Oriana
Uns e outros
Ynismon
2 tons

rosa02
A ervilha
A minha vida dava um blog
Apenas mais um
Bomba inteligente
Borboletas na barriga
Caixa de costura
Capitão Amendoim
Controversa maresia
De vagares...
E as fadas também se enganam no caminho?
Estorias minhas
Gomezzz
Ideiafixe
Lado B
Meia volta
Murcon
Papoila procria
PLS
Rititi
Rosa carne
Uma gota no oceano
Vento na praia

i2-1
100 Nada
A gata que mia
(In)certezas
A Ruiva
Lavandaria de ideias
Mais bolos
Marimbando
Olhos azuis
Rosa Shocking
P^2
Verde alface
Mordidas Mansas
Muito sobre nada
Água tónica e gingerale
Namorar o horizonte
Matraquilhos
Escárnio e bem dizer

i1
Bananada de goiaba
Casca d'Ovo
Doendes e duentes
Policromia
Amorizade
Assumidamente
Sr. Carne
The old man
A origem do amor
Cor de laranja
Blog de laranja
Pomboca
/var/log
Bosque da Robina
Maria da Lua
Thelma & Louise
Little black spot
Afixe
Una ragazza
Blog do Marretas
Do lado de cá
Homem a dias
Blog de terapia
Fragmagens
Assentador
Blog de uma loura
Brígida Jonas

orquidea
Miss Xangai

laranja

amarelaEvermelha

brancoEamarelo

vermelha


~Últimas pinceladas~

13
Todo o stress, a birra, os problemas, as chatices....
Um homem estava a estrelar um ovo, quando a sua mu...
Precisa-se:
Como me custa fechar a tua janela ao fim do dia, g...
Facto #9
Alguém me explica porque raio as secretárias (as...
Existem cinco factores, que permitem a previsão d...
O inho já está bom, isto é quase bom!
Facto #8


~Contacto Colorido~
diascoloridos@hotmail.com


~Cores do passado~
Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Janeiro 2007



   

sexta-feira, fevereiro 13, 2004

Por Portugal, para reflectir...

A diferença entre países pobres e ricos não é a idade do país.
Vejam o caso de países como o Egipto e a �ndia,que tem mais de 2000 anos e são pobres...
...e a Austrália, o Canadá e a Nova Zelândia,que há 150 anos quase não existiam e hoje são países desenvolvidos e ricos.
A diferença entre países pobres e ricos não reside nos recursos naturais disponíveis.
O Japão é a segunda economia do Mundo, com 80% de território montanhoso e impróprio para a agricultura e a criação de gado. No entanto, o país é uma imensa fábrica flutuante,importa matéria-prima de todo o Mundo e exporta produtos manufacturados.
A Suíça, apesar do seu pequeno território, cria animais e cultiva o solo durante apenas quatro meses no ano. Fabrica laticínios da melhor qualidade e produz o melhor chocolate do Mundo importando cacau de �frica. Pequeno país, tem uma imagem de segurança, ordem e trabalho, o que o tranformou na caixa forte do Mundo.
Os executivos de países ricos em comparação com seus pares dos países pobres, mostram que não há diferença intelectual significativa.
A raça ou a cor da pele também não são importantes. Imigrantes rotulados de preguiçosos nos seus países de origem, são a força produtiva dos países europeus ricos.

Então, qual é a diferença?

A diferença é a atitude das pessoas, moldada ao longo dos anos pela Educação e pela Cultura.
Nos países ricos e desenvolvidos, a grande maioria das pessoas segue os seguintes princípios de Vida:
1. A ética, como princípio básico.
2. A integridade.
3. A responsabilidade.
4. O respeito pelas Leis.
5. O respeito pelo direito dos demais cidadãos.
6. O amor ao trabalho.
7. O esforço pela poupança e pelo investimento.
8. A disciplina.
9. A pontualidade.
Nos países pobres apenas uma minoria segue estes princípios básicos na sua vida diária.
Portugal não é pobre porque nos faltam recursos naturais ou porque a natureza  foi cruel connosco.
Somos pobres porque nos falta vontade para cumprir e ensinar esses princípios de funcionamento das sociedades ricas e desenvolvidas.

[posted by inha  @ 12:22 -

0 cores:

Enviar um comentário

<< De volta a casa